quarta-feira, 22 de julho de 2015

Não havíamos marcado hora...

Não havíamos marcado hora, 
não havíamos marcado lugar. 
E, na infinita possibilidade 
de lugares, na infinita 
possibilidade de tempos, 
nossos tempos e nossos 
lugares coincidiram. 
E deu-se o encontro.
Rubem Alves