segunda-feira, 13 de julho de 2015

Que a gente não precise das despedidas para lembrar o quanto gostamos de quem está perto.

Que a gente não precise das 
despedidas para lembrar o quanto 
gostamos de quem está perto.
Que a gente não precise
da saudade pra lembrar o quanto
gostamos de quem está longe.