domingo, 24 de janeiro de 2016

E se amanhã não for nada disso caberá a mim esquecer. O que eu ganho, o que eu perco, ninguém precisa saber.

E se amanhã não for nada 
disso caberá a mim esquecer. 
O que eu ganho, o que eu perco, 
ninguém precisa saber.