Onde o amor impera, não há desejo de poder


“Onde o amor impera, não há desejo de poder; 
e onde o poder predomina, há falta de amor. 
Um é a sombra do outro.” 
 Carl Jung