A vida é curta

Talvez você esteja triste. Aborrecido por conta dos desenganos ou frustrações. Talvez esteja ansioso aguardando respostas. Quem sabe está aflito por não saber qual rumo seguir. Ou entristecido pelas lutas diárias que parecem não ter fim. A fragilidade da alma reflete no olhar cinza. Na preocupação que não nos deixa descansar ou mesmo olhar adiante. Não esqueça que a vida floresce mediante as novas tentativas. Você é o responsável por seu jardim. Está em suas mãos o poder de resgatar e transformar. Cabe a você fazer as escolhas. Você pode continuar encolhido até se restabelecer ou pode encontrar um novo caminho que lhe traga paz. Só não pode fugir. Brincar de esconder. A vida é curta e o tempo não desperdiçado não pode ser recuperado.
Pense nisso e verá que há muito o que agradecer.
Marcely Pieroni Gastaldi