MENSAGENS DE CARINHO: Esquecer um amor é muito difícil

Esquecer um amor é muito difícil

Me disseram que esquecer alguém era como parar de fumar, a abstinência se ia com o passar do tempo. Me disseram que seria difícil no começo, mas eu ficaria feliz por conseguir superar. Sempre fui fraco para dizer adeus, não me permito estudar as soluções quando me sinto realmente frustrado. Tem sido difícil entender, transgride o desejo de dar um fim, por mais que motivos não faltem, a ideia dos abraços não dados me agridem mais do que a fumaça. O orgulho também é um câncer. É algo que vai além de simples explicações, e trazem uma tonelada de porquês. Você irá me dizer que o ato de não querer já basta, porque nunca sentiu a saudade queimando seu peito até que reste apenas um vazio irretratável, como um eixo que te arrasta com força por memórias que deveriam ter sido esquecidas. Sempre fui burro o bastante para voltar aos vícios de sempre. Todas as vezes que tentei me afastar, me via indiferente. Odiava a ideia de estar tentando provar algo à mim mesmo. Talvez esquecer seja questão de hábito, nos acostumamos com rotinas medíocres, e pessoas que já não nos surpreendem. É algo do ser humano se degradar com o tempo. Dificilmente iremos encontrar alguém que se torne melhor com o passar dos dias. As pessoas apodrecem dentro de si mesmas. Mas, por algum motivo, por mais que sejam pedras no caminho, sabemos que irá doer se as chutarmos pra longe. Buscamos um grão de esperança no inferno. A gente precisa dos obstáculos para ganhar uma melhor percepção. Me disseram que esquecer era como parar de fumar, nunca consegui largar o cigarro, mas deixar as pessoas partirem já me matou mais vezes do que qualquer droga faria.
Sean Wilhelm